Importações começam 2018 em queda

09/02/2018 16h36 | Atualizado em: 09/02/2018 16h43

As informações da balança comercial de janeiro de 2018 confirmaram as expectativas de queda nas importações lácteas brasileiras.

Dados divulgados pela AliceWeb mostram que em janeiro o Brasil importou 65,6 milhões de litros em equivalente leite, queda de 14,6% em relação a dezembro/2017 e de 57% em relação a janeiro/2017 (quase 87 milhões de litros de leite a menos). Em relação à média dos meses de janeiro dos cinco anos anteriores (2013-2017), em 2018 o Brasil importou 31,1% menos leite.

Acompanhando o menor volume importado, em janeiro/2018 os gastos do Brasil com importação de leite foram 48% menores em relação a janeiro/2017, fechando em quase US$ 30,6 milhões. Porém, o leite em janeiro/2018 teve um custo aproximado de US$ 0,47/litro, enquanto o mesmo leite há 12 meses possuía um custo de US$ 0,39/litro – uma das justificativas para a redução do volume importado (os preços do mercado brasileiro hoje estão, em média, cotados a US$ 0,35/litro).

Quanto aos produtos comercializados, em janeiro, como de costume, os leites em pó foram o “carro chefe” das importações, representando 53% do volume importado em toneladas (integral 34% e desnatado 18%), seguidos pelos queijos (23%). Seguindo a tendência, na comparação anual, as importações destes produtos foram mais fracas em janeiro/2018 que em janeiro/2017.

Quanto às exportações, em janeiro/2018 foram embarcados 10,5 milhões de litros em equivalente leite, queda mensal de 17,4% (-2,2 milhões de litros), e de 52,5% em relação a janeiro/2017, gerando uma receita de US$ 5,36 milhões.

Como resultado, o saldo da balança comercial láctea brasileira fechou negativo em cerca de 60 milhões de litros, praticamente metade do que observou-se em janeiro de 2017.

Fonte: MilkPoint
Foto: Iepec

saiba mais sobre a comiva?! Basta Clicar aqui »